Competências Socioemocionais BNCC

Competências Socioemocionais BNCC

“As competências socioemocionais BNCC são habilidades que você pode aprender; são habilidades que você pode praticar; e são habilidades que você pode ensinar”. Ou seja, pertencem a um conjunto de competências que o indivíduo tem para lidar com as próprias emoções.

Assim, visam o desenvolvimento das dimensões comportamentais (atitudinais) e relacionais dos indivíduos.

Os processos de ensino e aprendizagem cada vez mais enxergam os indivíduos em sua totalidade, a partir de uma multiplicidade de valores.

Portanto, nesse processo aprende-se a colocar em prática habilidades e atitudes para alcançar objetivos, controlar emoções, manter relações positivas e responsáveis, além da demonstração de empatia, entre outros.

Tão importante quanto os conteúdos e as práticas educativas, uma abordagem com desenvolvimento das competências socioemocionais pode ajudar na elaboração de práticas pedagógicas mais justas e eficazes, que serão usadas em diversas situações da vida, integrando assim o processo de cada um para aprender a conviver, conhecer, ser e trabalhar.

Assim para que se consiga alcançar esse propósito, a inclusão de competências socioemocionais na educação precisa ser intencional.

Habilidades Socioemocionais que podem ser trabalhadas na escola

  • Empatia: compreender emoções e sentimentos dos outros indivíduos;
  • Felicidade: estar em sintonia com atitudes, valores, decisões, com o que se fala, faz e pensa, ou seja, estar de bem com mente, corpo e o espirito;
  • Autoestima: qualidade de quem se valoriza, se contenta com seu modo de ser e demonstra por outro lado consequentemente confiança em seus atos e julgamentos;
  • Ética: princípios que orientam o comportamento humano – ou seja, as normas, valores e condutas;
  • Paciência: virtude que se baseia no autocontrole enquanto submetido a situações desagradáveis;
  • Autoconhecimento: conhecimento de si mesmo, das próprias características, sentimentos, e inclinações, além disso é ter o pleno domínio de si, dos desejos, frustrações, esperanças e crenças;
  • Confiança: segurança de si e do próximo – crença na probidade moral, na sinceridade, lealdade, competência e na discrição de outrem;
  • Responsabilidade: assumir as consequências dos próprios atos de forma consciente e intencionada;
  • Autonomia: capacidade de poder tomar suas próprias decisões, sem ajuda do outro de tal forma que possa decidir de forma livre e espontânea suas próprias escolhas;
  • Criatividade: capacidade de usar habilidades, inteligência e talento para criar, inventar e inovar.

Como trabalhar habilidades Socioemocionais?

As competências e habilidades socioemocionais podem ser ensinadas e aprendidas, a fim de que contribua para o desenvolvimento integral do individuo.

Assim a prática pedagógica visando o desenvolvimento das competências e habilidades socioemocionais devem estar alinhadas ao Projeto Político Pedagógico da escola para conferir significado a prática.

Assim deve-se questionar “Como é o aluno que desejamos formar?”, “Quais habilidades e competências deve-se desenvolver?”, além disso, devem ser trabalhadas de forma transversal e multidisciplinar, envolvendo todos os segmentos e componentes curriculares embasadas na Base Nacional Curricular.

Desenvolva as Habilidades e Competências Socioemocionais com a Palestra de Fabio Fernandes

Como trabalhar habilidades Socioemocionais - palestrante fabio fernandes

Conheça nossos outros temas de Palestras para Educação


Assim, faça como várias Secretarias de Educação que já contrataram a Palestra de Competências Socioemocionais da BNCC:


Loading


Clientes Palestrante Motivacional Fabio Fernandes

WhatsApp Fale comigo no whatsApp